terça-feira, 3 de maio de 2016

Cá estou

Tudo o que sentes eu sei,
tudo o que fazes, apoio.
Em tuas mãos eu entrego
muito do bem que já cultivei.
Acredito que já te provei
o quanto tenho de fé em ti
e, por isso, nego e renego
a melancolia que não te deixa sorrir.

Cá estou para te amparar,
te trazer forças e te estimular
para que te reergas.
Por isso, volto a te afirmar:
- És capaz e há muito a fazer
e, ainda que o coração doa,
reflete que não é à toa
que estás onde estás.

Acredita em mim,
eu te afirmo com certeza:
-Na vida, a maior beleza
é se saber útil a quem precisa.
Nenhuma alma tem paz
se não se reconhecer benfazeja.
Estende o braço, 
move a perna, dá um passo.

Estou aqui para te proteger,
estás aqui para aprender...